Bedoris de Bolonha

 

            Descobriu-se também uma família em Bolonha na Itália, onde o nome de família era dita também Bedori. Entre os seus muitos membros ilustres e notáveis relembram-se alguns, como: Nicoló Bedori, que em 1438 foi Gonfaloniere di Giustizia em Bolonha; Francesco Bedori, que em 1632 foi Ancião de Bolonha e Innocenzo Bedori, que teve o mesmo encargo em 1654, também em Bolonha. Entre os Gganfaloneiros do Povo em Bolonha, membros desta família, recordam-sse Francesco Bedori em 1630, Paolo Bedori em 1682 e em 1691, Carlo Antonio Bedori em 1686 e em 1711.

            O Gonfaloneiro na Idade Média e nos primeiros séculos da Idade Moderna era um alto encargo de privilégio, concedido somente a nobres, e correspondia a alto magistrado.

            Por outro lado, Ancião era dito na Idade Média o magistrado eleito para Conselheiro para questões de justiça, de política e de governo e exercia estas funções em representação do povo. Ancião também era sempre escolhido entre os nobres.

            Muito Provavelmente um ramo da família Bedori se transferiu para o Vêneto e, mais precisamente, para Ospedaletto Euganeo e Este em território Paduano, de onde se origina com o sobrenome Bedore a numerosa família aqui retratada, ou vice-versa.

 

Bedores na atualidade na Itália

 

            O nome de família Bedore é raro e típico de restritas áreas da Itália setentrional. Hoje sua maior incidência registra-se em Vêneto, mas também ocorre nas regiões da Lombardia, Piemonmte, Emília-Romanha e Ligúria, todas no norte da Itália. Parece-nos que sua maior incidência nos séculos XVII a XX era na Província de Padova, especialmente na cidade de Ospedaletto Euganeo, onde descobrimos Bedores desde o século XVII, única cidade pesquisada pessoalmente da Província de Padova.

            Hoje em toda Itália há apenas vinte e nove assinantes de telefones com o sobrenome Bedore, sendo nenhum em Ospedaletto e dois que confirmamos se tratar de nossa família, uma assinante já falecida é Annunziata Bedore, em Genova, mulher de Ugo Bedore, outro é Plácido Bedore, em Rivolo, Província de Torino, filho de Giacinto Bedore, irmão de Luigi e Giuseppe, outros 27 (vinte e sete) assinantes de telefones são das seguintes localidades: 04 (quatro) em Stanghella, Província de Padova, 02 (dois) em Vescovana, Província de Padova, 02 (dois) Carrara San Giorgio, Província de Padova, portanto, 08 (oito) na Província de Padova, 01 (um) em Lusia, Província de Rovigo que juntamente com a Província de Padova e outras formam a região de Veneto; 02 (dois) em San Felice Sul Panaro, Província de Modena, 01 (um) em Medolla, Província de Modena, 01 (um) em Mirandola, Província de Modena na Emiglia-Romana, 02 (dois) Bolzano, Província do mesmo nome na região de Trentino Alto-Adige, 01 (um) Varese, capital da Província com o mesmo nome, 01 (um) em Casciago, Província de Varese, 02 (dois) em Gavirate, Província de Varese, 01 (um) em Laveno Mombello, Província de Varese, 01 (um) em Comerio, Província de Varese na região da Lombardia; 01 (um) em Biella, Província de Vercelli, 01 (um) em Cossato, Província de Vercelli no Piemonte; 01 (um) Arma Di Taggia (Taggia), Província de Imperia na Ligúria, 02 (dois) em Bozen e 01 (um) em local não identificado, todas as localidades encontra-se no norte da Itália. Há também 17 (dezessete) assinantes com o Sobrenome Bedori: 04 (quatro) em Foligno, Província de Perugia, região da Úmbria, 03 (três) em Recoaro Terme, Província de Vicenza- Veneto, 02 (dois) de Pianoro, Província de Bologna, 01 (um) em Bagnolo San Vito, Província de Mantova, 01 (um) em Porto Mantovano, Província de Mantova – Veneto, 01 (um) em Assago, Província de Milano, 01 (um) Pigna, Província de Imperia- Ligúria, 01 (um) em Piacenza, Província do mesmo nome na região de Emiglia-Romana, 01 (um) em Torino, Província de mesmo nome no Piemonte. E 01 (um) em local não identificado. E existem 14 (catorze) assinantes com o sobrenome Bedorin: 04 (quatro) em Padova na Província do mesmo nome, 04 em Carrara Santo Stefano, Província de Padova, 01 em Carrara San Giorgio, Província de Padova, 01 (um) em Albignasego, Província de Padova, 01 (um) em Montegrotto Terme, Província de Padova, portanto 12 (doze) dos 14 (catorze Bedorin são de Padova, 01 (um) em Gavirate, Província de Varese- Lomabardia, 01 (um) em Roma, capital Italiana. Concluindo são cerca de 29 (vinte e nove) assinantes de telefone com o sobrenome BEDORE, cerca de 17 (dezessete) assinantes com o sobrenome BEDORI e cerca de 14 (catorze) com o sobrenome BEDORIN.

            Enviei em 09.JAN.2004 uma carta a todos os Bedore e Bedori com linha telefônica na Itália, cerca de solicitando informações sobre a origem de sua família, todavia apenas três famílias me responderam: Uma descendente de Gino Bedore de Ospedaletto, outra de nome Érika, filha de Pierangelo e neta de Giuseppe, mas que não me informou nada e outro de nome Gianni Bedori, um músico muito gentil que me infromou ser sua família originária de Mantova.

 

 

Bedores nos EUA, CANADÁ e FRANÇA

 

 

            Na atualidade, através da rede mundial de computadores, a internet, descobrimos centenas de Bedores, nos EUA e no Canadá que segundo nos informaram são descendentes de franceses que imigraram para América nos séculos XVI e XVII.

 

            Hoje na França não temos notícia da existência deste sobrenome. Encontramos cerca de 8.500 citações de Bedores em páginas de busca, sendo que aproximadamente 8.200 em língua inglesa, 100 em língua francesa e portuguesa, 10 em língua italiana, 20 em espanhola, 80 em alemã 10 em sueca.

 

            O sobrenome Bedore, segundo nossas pesquisas tem origem francesa ou italiana. Ou este sobrenome é originário da França e deslocou-se em algum momento para Itália dando início sobrenome naquele país, ou é originário da Itália e deslocou-se para França. Sabemos que na França também era um nome raro e sua grafia mais remota grafada era Bedouret. Também podemos destacar aí alguns membros da família, como Jean Bedouret, batizado em 26.MAIO.1748, filho de Jena Pierre Bedouret e de Catalina Desdourrubail e Bertrand Bedouret, batizado em 11.NOV.1774, filho de Jean Bedouret e de Marie Dourron,ambos em Lestelle, Bases Pyrenees, entre outros e aos 28.ABR.1790 temos o casamento de Pierre Bedouret e de Jeanne Saumate que se realizou em Lestelle-Betharram , Basses Pirenees.